sábado, 15 de novembro de 2008

Oração

"...E disse: Dai ouvidos todo o Judá, e vós, moradores de Jerusalém, e tu, ó rei Josafá; assim o SENHOR vos diz: Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão; pois a peleja não é vossa, mas de Deus..."
2 Crônicas 20:15

Nas Escrituras, nós encontramos exemplos de pessoas que oraram com autoridade espiritual.

Elias desafiou corajosamente os falsos profetas do deus Baal, porque ele sabia que o Senhor ouviria e responderia.
O Rei Josafá ouviu que um grande exército estava vindo contra Israel, então ele buscou Deus para que lhe desse direção e força, e conclamou ao povo a fazer o mesmo.

Esses exemplos pode nos ensinar lições importatíssimas sobre como orar poderosamente.
DEPENDÊNCIA DE DEUS. As petições desses dois homens mostraram sua profunda confiança no Senhor. Sabendo que a vitória contra os inimigos de Israel estava além de suas habilidades, eles recorreram ao Senhor para proteção e amparo.

FOCANDO NO PLANO DE DEUS. O profeta fez coisas à maneira de Deus, de acordo com Seu plano, apesar de estar debaixo de uma grande ameaça (1Reis19:1-2).
E o Rei Josafá apregoou jejum em toda a nação para que conhecessem o plano de Deus.

PUREZA DA MOTIVAÇÃO. Ambos os líderes tinham Deus como centro de suas intenções com o objetivo de dar cumprimento ao Seu propósito. Eles não estavam agindo motivados pelos seus próprios interesses.

CONFIANÇA NA FIDELIDADE DE DEUS. Nenhum dos dois homens hesitaram divulgar a ajuda divina. Elias contou o plano para os 450 profetas inimigos, e Josafá proclamou a toda Israel para juntar se a ele em oração .

Se suas orações parecem estar tendo pouco impacto, pergunte a voce mesmo, Será que estou confiando no meus próprios esforços para resolver esse assunto? Será que estou confiando pouco em Deus? (Tiago 1:5-7).
Se estiver, busque a Deus e confesse, e procure seguir o exemplo de um profeta e de um rei. Shabat Shalon!

Nenhum comentário:

Postar um comentário