segunda-feira, 31 de agosto de 2009

O QUE A BÍBLIA DIZ SOBRE DINHEIRO, FINANÇAS E RIQUEZAS.

Concordo plenamente com os fiéis exegetas da Palavra de Deus quando dizem que “texto fora do contexto é pretexto”. Todas as palavras tem significado, e quando usadas dentro de um contexto, nos traz um peso ainda maior de sua representação e verdade para a aplicação em nossas vidas .Os textos bíblicos abaixo citados, tem a finalidade de facilitar a busca dos interessados em saber mais o que a Bíblia diz sobre dinheiro, finanças e riquezas, e em meio desta busca que o nome de Deus possa ser glorificado.
“ As palavras do SENHOR são palavras puras, como prata refinada em fornalha de barro, purificada sete vezes” (Sl.12:6).


1. E o que foi semeado entre espinhos é o que ouve a palavra, mas os cuidados deste mundo, e a sedução das riquezas sufocam a palavra, e fica infrutífera (Mt. 13:22).
2. Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos;Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te. (2 Tim. 3:1-5).
3. Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes (1 Tim. 6:7-8).
4. Contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais (1 Tim. 6:5).
5. A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei. (Rm. 13:8).
6. O rico domina sobre os pobres e o que toma emprestado é servo do que empresta (Prov. 22:7).
7. O homem falto de entendimento compromete-se, ficando por fiador na presença do seu amigo. (Prov. 17:18).
8. Não estejas entre os que se comprometem, e entre os que ficam por fiadores de dívidas (Prov. 22:26).
9. Aquele que não dá o seu dinheiro com usura, nem recebe peitas contra o inocente. Quem faz isto nunca será abalado (Sl. 15:5).
10. O que aumenta os seus bens com usura e ganância ajunta-os para o que se compadece do pobre (Prov. 28:8).
11. Sendo, pois, o homem justo, e praticando juízo e justiça, Não oprimindo a ninguém, tornando ao devedor o seu penhor, não roubando, dando o seu pão ao faminto, e cobrindo ao nu com roupa , Não dando o seu dinheiro à usura, e não recebendo demais, desviando a sua mão da injustiça, e fazendo verdadeiro juízo entre homem e homem (Ez. 18:5-7-8).
12. Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam ; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. (Mt. 6:19-20).
13. Porque, onde estiver o vosso tesouro, ali estará também o vosso coração. (Lc. 12:34).
14. Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar? (Lc. 14:28).
15. se emprestardes àqueles de quem esperais tornar a receber, que recompensa tereis? Também os pecadores emprestam aos pecadores, para tornarem a receber outro tanto. Amai, pois, a vossos inimigos, e fazei bem, e emprestai, sem nada esperardes, e será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo; porque ele é benigno até para com os ingratos e maus.(Lc. 6:34-35)
16. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra (Cl 3:2)
17. Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele; Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes. (1Tm 6:8)
18. Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei. (Hb. 13:5)
19. E não vos esqueçais da beneficência e comunicação, porque com tais sacrifícios Deus se agrada (Heb. 13:16)
20. Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade. (Ef.4:28)
21. Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é necessário auxiliar os enfermos, e recordar as palavras do Senhor Jesus, que disse: Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber. (Atos 20:35)
22. Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. (1Jo 2:15)
23. Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.(Mt.6:24)
24. Mas ai de vós, ricos! porque já tendes a vossa consolação. (Lc. 6:24)
25. Quem é fiel no mínimo, também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo, também é injusto no muito; Pois, se nas riquezas injustas não fostes fiéis, quem vos confiará as verdadeiras? (Lc.16:10-11)
26. E, vendo Jesus que ele ficara muito triste, disse: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas! Porque é mais fácil entrar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus. (Lc.18:24-25)
27. Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. (1 Tim. 6:9).
28. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. (1 Tim. 6:10).
29. Manda aos ricos deste mundo que não sejam altivos, nem ponham a esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus, que abundantemente nos dá todas as coisas para delas gozarmos; Que façam bem, enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente, e sejam comunicáveis; Que entesourem para si mesmos um bom fundamento para o futuro, para que possam alcançar a vida eterna. (1 Tim. 6:17-19).
30. Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma? (Mt.16:26).
31. Mas glorie-se o irmão abatido na sua exaltação, E o rico em seu abatimento; porque ele passará como a flor da erva. (Tg. 1:9-10)
32. Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites. (Tg:4:3)
33. Eia, pois, agora vós, ricos, chorai e pranteai, por vossas misérias, que sobre vós hão de vir. (Tg 5:1).
34. As vossas riquezas estão apodrecidas, e as vossas vestes estão comidas de traça.(Tg.5:2).
35. O vosso ouro e a vossa prata se enferrujaram; e a sua ferrugem dará testemunho contra vós, e comerá como fogo a vossa carne. Entesourastes para os últimos dias.(Tg. 5:3)
36. Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo. (Lc.6:38)
37. E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará. (1 Co. 9:6)
38. Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria. (1Co.9:7)
39. Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu; ( Ap.3:17)
40. Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas. ( Ap.3:17-18).

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

No centro da vontade de Deus

Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora.
Porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou.
E a vontade do Pai que me enviou é esta: Que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que o ressuscite no último dia.
João 6:37-38
A primeira vinda de Jesus teve um propósito específico, bem como a segunda também . Jesus não operava independente da vontade do Pai, Seu propósito não era de tratar de coisas temporais e sim eternas. E isto serve de um grande exemplo para nós, todas as vezes que tentarmos satisfazer nossos próprios desejos independentes dos planos que Deus tem para nós. Vale a pena estar no centro da vontade de Deus.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Deus transforma o mal em bem

E Jesus, ouvindo isto, disse: Esta enfermidade não é para morte, mas para glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela.
João 11:4

Seja um sofrimento por enfermidade, ou por qualquer outra natureza, Deus prevalece sobre tudo e sobre todos para realizar seus propósitos. Confie Nele sem murmurar e veja os seus problemas como oportunidades para honrá-Lo.

terça-feira, 25 de agosto de 2009



Este selinho lindo ganhei da amiga Grazi.
Dicas do selinho:
postar em seu blog
escrever o nome da pessoa que ganhou
Indicar a blogueiras:
Minha indicação é: Priscila; Babi; Juliana Brancani

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

A situação nas igrejas nos dias atuais

Muitos cristãos estão insatisfeitos com a situação nas igrejas nos dias de hoje. Mas se prestarmos a atenção veremos que esses problemas vem de longa data. E isto acontece por causa de pelo menos duas razões básicas : 1) A igreja é formada por seres humanos, e a natureza caída e egoísta humana é a parte do homem-problema. Para mudar pecadores egocêntricos em pessoas que se sacrificam pelos outros,ou seja, imitadores de Cristo, traz uma infinidade de problemas. 2) A igreja apesar de estar no mundo, ela não pertence ao mundo. O Reino dos Céus traz valores muito diferentes dos que são conhecidos no mundo. E isto vai causar grandes conflitos entre os princípios do Cristianismo e a vida secular. Membros fracos e imaturos tentarão trazer os padrões do mundo para dentro da igreja com eles, e viver como os incrédulos. Esses problemas se originam no interior das pessoas e também do que atua no seu exterior, ou melhor egoísmo humano por dentro e as tentações por fora trazidas pelo inimigo de nossas almas, são a fonte dos problemas na igreja.
Mas esses problemas tem solução. Afinal a igreja pertence à Aquele que venceu o mundo e Ele mesmo falou para Pedro que as portas do inferno não prevalecerão contra a igreja (Mateus 16:18). Em 1 Coríntios Paulo relata uma série de problemas na igreja do SENHOR no primeiro século. E toda igreja no Novo Testamento teve problemas. Paulo enfrentou muitos problemas nas igrejas que ele mesmo implantou, mas foi ele mesmo quem disse que “Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece” (Fil. 4:13); Em Cristo estão“escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência”.(Col.2:3). O SENHOR falou também para Paulo “A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza” (2 Cor.12:9). A graça de Deus é mais que suficiente para todos os nossos problemas e fraquezas. Em Cristo Jesus é que encontramos resposta para sabedoria em todas as dificuldades.
Essa sabedoria e todas as respostas são encontradas na Bíblia. “ Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeitamente instruído para toda a boa obra”.(2Tim.3:16-17). A Bíblia provê ao homem de Deus toda as intruções para a boa obra.
Todo problema na igreja é por dificuldade interna e externa. E a solução para todos os problemas é encontrada quando vencemos a tal dificuldade.
Toda congregação deve vencer as fraquezas e problemas ou será vencida por elas. A luta com os problemas na igreja , é a luta por sua própria existência. Satanás tentará vencer todo crente e toda congregação que não derrotá-lo, ” …pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho…”(Apocalipse 12:11). Se em sua congregação; os líderes e ou membros, perderam o alvo, não desista, ore e peça ajuda Aquele que fundou a igreja, JESUS CRISTO.
O SENHOR está levantando um exército nesses últimos dias para a restauração da Sua igreja, pessoas normais, que cultivam o viver do Reino dos Céus, com amor e perseverança. Não saia de onde o SENHOR te plantou por causa de insatisfação ou até mesmo por estar escandalizado pelas coisas que estão acontecendo ao seu redor, faça como o apóstolo Paulo, “Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus” (Filipenses 3:14).